TATUAGEM TRIBAL

Talvez as tatuagens mais feitas por todo o mundo, os tribais são fonte de beleza e apreciação por suas linhas e seus significados muitas vezes profundos. A tattoo tribal é feita há muito tempo, por povos antigos e ganhou notoriedade principalmente na África. Aqui damos sete exemplos de tatuagens tribais:

Tatuagem de tribal nos braços: essa talvez seja o modelo mais interessante e feito pelos apreciadores da arte da tatuagem. Reparem que as linhas devem ser muito bem feitas, ou seja, você depende de um ótimo tatuador.



A tatuagem de tribal feminina é outra opção para as mulheres que buscam se aproximar mais de um estilo de tatuagem que é amplamente utilizado pelos homens. Na imagem, você pode ver uma tattoo tribal feminina que foi adaptada para as mulheres.

Outro exemplo de tatuagem tribal feminina: a utilização da parte lateral do tronco, chegando até a cintura. Essa tatuagem é muito bonita e, ao mesmo tempo, mostra que foram necessária várias sessões. É bem chamativa.

Há também a opção de um tribal mais elaborado entre o peito, ombro e braço. Essa tatuagem é recomendada para aqueles que querem destacar uma parte do corpo preenchendo-o apenas com as linhas do tribal. Além das linhas tribais, ainda é possível fazer outros desenhos junto para deixar a tattoo mais bonita.

Outra opção é fazer um tribal na perna. As pessoas preferem os braços, pois são lugares mais chamativos. Mas caso você já tenha alguma tattoo na parte superior do seu corpo, a opção fica por conta de fazer uma tattoo tribal na perna.


A tattoo tribal de fênix é outro concesso. Muitas pessoas fizeram e, quando o trabalho é bem feito, ganha linhas que formam o pássaro lendário. Muito bom para tatuagens femininas e masculinas.

Talvez a tatuagem mais bonita feita com tribal: a maori. Devido ao seu grandioso número de desenhos e linhas, essa tattoo tem diferentes significados, como na imagem abaixo e no exemplo acima de um tribal mais elaborado.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais utilizando a ferramenta ao lado.

Veja também: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário